Andreas Valentin  

Pós-doutorado no Instituto de História da Arte da Freie Universität Berlin. Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com uma pesquisa sobre a fotografia amazônica do alemão George Huebner. Mestre em Ciência da Arte pela Universidade Federal Fluminense. Graduação em História da Arte e Cinema pela Swarthmore College, Pennsylvania, EUA. Professor-adjunto de fotografia na Universidade Estadual do Rio de Janeiro/Instituto de Aplicação. Fotógrafo, escritor e pesquisador. Foi aluno e colaborador do artista plástico Helio Oiticica. Escreveu, dirigiu e produziu documentários na Amazônia. Nos anos 1970, realizou trabalhos em Super8, com filmes experimentais premiados em festivais no Brasil e no exterior. Documentou e pesquisou a Amazônia durante quinze anos, resultando num banco de imagens com mais de vinte mil fotografias. É autor de três livros sobre o Festival Folclórico de Parintins: ?Contrários: a Celebração da Rivalidade dos Bois-Bumbás de Parintins?, ?Vermelho, um Pessoal Garantido? e ?Caprichoso, a Terra é Azul?. É autor dos livros “SAARA Rio de Janeiro”, ‘Fotocine: a fotografia no cinema” e “A fotografia amazônica de Goerge Huebner” Foi coordenador de projetos da FUNARTE e assistente de produção e direção no filme ?Fitzcarraldo?, de Werner Herzog. É membro da Associação Brasileira de Antropologia; em 2004 foi vencedor do Prêmio Pierre Verger de Fotografia. Realizou inúmeras exposições individuais de fotografias, participou de coletivas e trabalha como curador. Em 2015, foi contemplado pela FUNARTE com o Prêmio Marc Ferrez de Fotografia. (Texto informado pelo autor)

Projetos de pesquisa

Realiza pesquisas na área de história da fotografia e desenvolve projetos artísticos de fotografia. Tem se dedicado à pesquisa da fotografia moderna brasileira e a fotografia alemã no período após a Segunda Guerra. Pesquisa também a produção fotográfica de exilado(a)s judeus alemã(e)s no Brasil foragido(a)s do regime Nazista. Seu mais recente trabalho autoral, Berlin<>Rio: Trajetos e Memórias, contemplado com o Prêmio Marc Ferrez da FUNARTE, aborda a história de sua família na Alemanha e no Brasil.