Mauro Trindade Nogueira da Silva

Mauro Trindade é professor adjunto de História e Teoria da Arte no Instituto de Artes da UERJ (IART/UERJ), professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais do IART/UERJ, coordenador do Núcleo de Fotografia da UERJ e do projeto de cartografia cultural Coletivo M.A.L.T.A. – Mapa Alternativo das Artes. Foi colunista e crítico de música de concerto no Jornal do Brasil, chefe de redação da revista Manchete, chefe da sucursal da Revista Bravo! e colunista da revista História Viva. É editor da revista Concinnitas (IART/UERJ). Publicou os livros Wolney Teixeira: O sal da terra e Bidu Sayão: Uma biografia e diversos capítulos de outros livros, sendo o último na recente edição de Alice no País das Maravilhas (DarkSide), sobre a fotografia de Lewis Carroll. É membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte.

Projeto de pesquisa: Imagens fora da ordem

Estudo da produção teórica e artística de imagens técnicas – em especial, fotográficas – em contextos decoloniais, com destaque para a América Latina. Pesquisa sobre o projeto identitário latino-americano e de uma história da arte além dos modelos eurocêntricos, a partir da produção visual de artistas e de outros realizadores dentro de uma iconosfera, na qual o trânsito de imagens e sentidos supera limites classificatórios e especificidades geográficas e opera conceitos de porosidade e visibilidade/invisibilidade. Discussão da institucionalização e articização do campo fotográfico dentro da arte contemporânea.

Grupo de pesquisa  – Núcleo de fotografia da UERJ

Projeto interdisciplinar de estudo teórico e prático, com ênfase em história, estética, usos e funções da fotografia, com a participação de professores e alunos do Instituto de Artes, da Educação e da Comunicação Social da UERJ, além de artistas, professores de outras instituições e profissionais do segmento. O projeto pretende expandir sua pesquisa em encontros acadêmicos, exposições e publicações impressas e/ou online.

Apresentação

O Núcleo de Fotografia da UERJ é um grupo de estudos sobre a fotografia e seus desdobramentos técnicos, científicos, artísticos e filosóficos, com a participação de professores da UERJ e de outras instituições, e ainda artistas visuais, profissionais da Comunicação e de outros campos do conhecimento. Seu objetivo é refletir em profundidade a produção e circulação de imagens a partir de uma concepção expandida da fotografia, além de realizar palestras, encontros e grupos de estudo, com discussões sobre as mais recentes produções visual e teórica sobre fotografia contemporânea sul-americana e as diferentes poéticas desenvolvidas em seus países.

Objetivos

1. Criar um Núcleo de estudos teóricos sobre a fotografia.

2. Publicar artigos e ensaios – impressos ou em suporte digital – a respeito de fotografia.

3. Estimular a produção fotográfica, dentro e fora da UERJ, e realizar exposições com o material produzido.

4. Promover leituras, debates, encontros e oficinas de fotografia abertas à comunidade, com o uso de câmeras de celulares, câmeras profissionais e compactas, revelação analógica, tratamento pós-fotográfico, desenvolvimento de projetos, preservação e restauração de imagens fotográficas e recuperação de técnicas arcaicas.